305-4 (GRI )

  • Intensidade de emissões de gases de efeito estufa

    Mudar visualizacão:

    • wdt_ID Indicador 2019
      1 Intensidade de emissões de gases de efeito estufa, em t de CO₂ equivalente/tonelada de produto¹ 0,3369

    1. A intensidade de emissões contempla os seguintes gases: dióxido de carbono (CO₂), metano (CH₄), óxido nitroso (N₂O), hidrofluocarbonetos (HFCs) e perfluorcarbonetos (PFCs). Ainda, o indicador inclui as emissões de escopo 1, 2 e 3 e considera a produção total de celulose (celulose de mercado, celulose para papel e fluff) e de papel (papel acabado e tissue).

    Informações complementares:

    Foram utilizadas as seguintes referências de fatores de emissões: FGV (2019), IPCC (2007), MCTIC (2016) e MMA (2014). As emissões de cada GEE foram convertidas em tCO₂e pela multiplicação por seu respectivo potencial de aquecimento global, ou Global Warming Potential (GWP – IPCC, 2007; FGV, 2019; WRI & WBCSD, 2017).

    A seleção das metodologias de quantificação, coleta de dados e uso de fatores de emissões foi feita com base nas recomendações da norma ABNT NBR ISO 14064-1 (ABNT, 2007). Além disso, foram utilizados como referência os seguintes documentos para a elaboração do inventário de GEEs da empresa:

     

    • The Greenhouse Gas Protocol: a Corporate Accounting and Reporting Standard, WRI & WBCSD (2004);
    • guias, orientações e ferramentas de cálculo do Programa Brasileiro GHG Protocol (PBGHGP) da FGV (2020);
    • 2006 IPCC Guidelines for National Greenhouse Gas Inventories, IPCC (2006);
    • Calculation Tools for Estimating Greenhouse Gas Emissions from Pulp and Paper Mills, NCASI (2005).

     

    Conforme os princípios para a realização de inventários de GEEs, foram utilizados, sempre que possível, dados de medições e fatores de emissões mais próximos da realidade local.

    A intensidade de emissões da Suzano em 2019 foi de 0,3369 (tCO₂e/ton de celulose e papel),  considerando as emissões diretas e indiretas da empresa (escopos 1, 2 e 3). O indicador de intensidade de emissões auxilia na identificação de oportunidades que proporcionem melhor eficiência dos processos produtivos da Suzano, principalmente no que se refere à redução de suas emissões por tonelada de produção.