Gestão Social

  • Descrição de impactos econômicos indiretos significativos

    Temas Materiais Relacionados:

    Contexto:

    As atividades da Suzano geram impactos econômicos indiretos significativos na sociedade, relacionados a mudanças na produtividade de organizações, setores ou da economia como um todo, assim como ao fortalecimento das habilidades e dos conhecimentos de uma comunidade profissional ou de indivíduos de regiões geográficas em que a empresa atua.

    Como exemplo, no primeiro caso, podemos citar o Programa Rede Responsável (ferramenta de compartilhamento de investimento socioambiental entre diferentes partes da sociedade), que atende às organizações da sociedade civil (OSCs) assistidas pelos programas de engajamento e geração de renda conduzidos pela empresa.

    Com esse programa:

     

    • contribuímos para o estabelecimento de conexões entre as associações e cooperativas parceiras com organizações interessadas em constituir parcerias para investir em projetos sociais e/ou adquirir produtos e/ou serviços;
    • capacitamos as equipes internas dos grupos apoiados no desenho e na implementação de processos de captação de recursos, para que possam aumentar a quantidade de parceiros e reduzir sua dependência da empresa;
    • apoiamos as associações e cooperativas para o estabelecimento de processos que permitam apresentar, de forma clara e com evidências, os resultados de suas atividades a potenciais financiadores, para que possam transformar suas realidades;
    • oferecemos orientação técnica e preparamos os grupos conforme suas diferentes áreas de atuação, para que possam acessar as políticas de incentivo fiscal, aplicar projetos em editais e estruturar propostas de parcerias espontâneas.

     

    Para o segundo caso (fortalecimento das habilidades e conhecimentos de uma comunidade profissional ou de indivíduos de determinada região geográfica), possuímos dois principais programas responsáveis pela geração de significativo impacto positivo. São eles: o PDRT (Programa de Desenvolvimento Rural e Territorial) e o Colmeias.

     

    • PDRT: o foco do Programa está no apoio às atividades agrícolas e pecuárias por meio de um serviço qualificado de Assistência Técnica e Extensão Rural – ATER (equipes técnicas) e de investimentos em equipamentos e insumos. Atua concomitantemente nos âmbitos das famílias, em suas organizações (associações) e no território nos quais estão inseridas.
    • Colmeias: o foco do programa está no apoio a apicultores e associações/cooperativas, realizado por equipes técnicas que oferecem um serviço qualificado de Ater.
  • Gestão do investimento social privado

    Temas Materiais Relacionados:

    Contexto:

    As diversas modalidades de investimentos socioambientais e doações da Suzano são gerenciadas para que seus resultados possam ser medidos e avaliados em termos de contribuição para a sustentabilidade do negócio da empresa. A gestão do tema é orientada por nossa Política Interna de Investimentos Socioambientais e Doações, Procedimento Gestão de Demandas Sociais, Procedimento Gestão de Projetos de Investimentos Socioambientais e pelo Manual de Gestão de Relacionamento. O Manual e os procedimentos descrevem os processos e as principais ferramentas de relacionamento utilizadas com as partes interessadas na Suzano.

    A área de Desenvolvimento Social da companhia monitora e avalia todo o processo relacionado às demandas de cooperação, doação e patrocínio, reportando periodicamente os resultados desse monitoramento ao Risc Corporativo e Local (unidades). O Risc é um fórum que reúne gestores das diferentes áreas com o objetivo de integrar as políticas e diretrizes estratégicas de sustentabilidade na gestão e operação da empresa.

    O cadastramento, a avaliação, a aprovação e o acompanhamento orçamentário de todos os projetos de investimento socioambiental são realizados pelo módulo de Gestão do Investimento Socioambiental do Sispart, sistema corporativo interno de gestão do relacionamento com partes interessadas e do investimento socioambiental da Suzano. O acompanhamento e a avaliação do andamento dos projetos são feitos pelos parceiros de assistência técnica e consultores da área responsável, por meio de visitas técnicas, reuniões, capacitações e dias de campo com as associações e os participantes dos projetos, de acordo com os cronogramas estabelecidos nos Planos de Ação.

    A execução do Plano de Ação de cada projeto é monitorada com evidências como fotos, relatórios, listas de presença e acompanhamento de indicadores. A atualização das atividades realizadas é de responsabilidade de toda a equipe de assistentes técnicos e consultores envolvida, sendo centralizada no sistema Smartsheet, plataforma colaborativa utilizada pela Suzano para construir e disponibilizar ferramentas de gestão de projetos de investimento socioambientais.

    As atividades de campo, de grupos de trabalho, visitas técnicas e outras, realizadas pelas equipes responsáveis, são registradas em um relatório de atividades encaminhado mensalmente para a área de Desenvolvimento Social da Suzano. Esses relatórios mensais são arquivados no Sispart.

    A avaliação da eficiência e da eficácia das estratégias de relacionamento e de investimentos socioambientais adotadas, bem como a utilização dos recursos materiais, humanos e financeiros disponíveis, é realizada por meio do Sistema de Monitoramento e Avaliação Social. O sistema serve tanto para a formulação e a reformulação das práticas organizacionais e estratégicas de atuação (andamento dos processos e alcance das metas) quanto para a análise e a comparação de indicadores ao longo do tempo (foco no resultado e impacto da intervenção). Os resultados dos investimentos são avaliados pelo menos uma vez a cada ano, por meio de indicadores classificados em três categorias:

     

    • Indicador de Processo: orientado para avaliar a evolução da execução do planejamento físico-financeiro;
    • Indicador de Resultado: tem como objetivo apresentar a situação de atingimento das metas estabelecidas anualmente;
    • Indicador de Impacto: apresenta os efeitos internos e externos relacionados aos direcionadores corporativos estabelecidos.
  • Investimentos sociais por fonte, em R$

    Temas Materiais Relacionados:

    Mudar visualizacão:

    • wdt_ID Investimentos sociais por fonte, em R$ 2019
      1 Recursos captados 26.248.481,28
      2 Recursos próprios 48.672.099,07
      3 Total 74.920.580,35
  • Investimentos sociais por tipo, em %

    Temas Materiais Relacionados:

    Mudar visualizacão:

    • wdt_ID Investimentos sociais por tipo 2019 (%)
      1 Total de projetos de investimentos sociais 97,5
      2 Total de doações 2,5
      3 Total 100,0
  • Investimentos sociais por tipo, em R$

    Temas Materiais Relacionados:

    Mudar visualizacão:

    • wdt_ID Investimentos sociais por tipo, em R$ 2019
      1 Total de projetos de investimentos sociais 73.011.208,70
      2 Total de doações 1.909.371,65
      3 Total 74.920.580,35
  • Recursos próprios obtidos por financiamentos reembolsáveis, em R$

    Temas Materiais Relacionados:

    Mudar visualizacão:

    • wdt_ID Indicador 2019
      1 Recursos próprios obtidos por financiamentos reembolsáveis, em R$ R$ 9.355.999,57

    Informações complementares:

    O valor de recursos próprios obtidos por financiamentos reembolsáveis equivale a 12,5% do investimento social total da Suzano.

  • Total de madeira roubada

    Temas Materiais Relacionados:

    Mudar visualizacão:

    • wdt_ID Indicador São Paulo Mato Grosso do Sul Espírito Santo Bahia Maranhão Total
      1 Total de madeira roubada, em m3 - 2019 637 0 11.089 6.250 4 17.980