Metas de longo prazo

Diante da complexidade dos desafios e das oportunidades existentes, a Suzano construiu sua Estratégia de Sustentabilidade de forma colaborativa, considerando a multiplicidade de visões de seus públicos de relacionamento. Assumimos o compromisso de ampliar nosso papel na cadeia de valor e na sociedade por meio de metas de longo prazo, norteando nosso caminho ao longo dos próximos dez anos, período que a Organização das Nações Unidas (ONU) chama de Década da Ação.

Água na indústria

Reduzir em 15% a água captada nas operações industriais até 2030

Contexto

O acesso à água está no cerne do desenvolvimento sustentável, sendo fundamental para a sobrevivência das pessoas, dos negócios e do planeta. As plantações de eucalipto, as florestas nativas e as fábricas da Suzano dependem diretamente da água, e o esforço de cuidar desse recurso é responsabilidade de todos.

As unidades industriais da Suzano já operam seguindo os padrões estabelecidos pelo Integrated Pollution Prevention and Control (IPPC) e International Finance Corporation (IFC). O objetivo nesse caso é melhorar ainda mais o desempenho das nossas operações e gerar uma redução significativa da água captada para processos industriais.

 


Escopo:

Captação de água (m³) por toneladas de papel e celulose produzidas em todas as unidades industriais da Suzano.

Baseline:

29,8 m³/t (ano: 2018¹).

Horizonte:

Reduzir a média anual de captação de água na indústria a 25,3 m³/t até 2030².


Resultados em 2020:

Atingimos o valor de 28,6 m³/t de água captada para nossas operações industriais, um resultado que supera em 0,6 m³/t o objetivo de 29,2 m³/t previsto para 2020. No geral, esses números representam um avanço 26,7% com relação ao baseline da meta ou seja, uma redução de 1,2 m³/t na captação de água em unidades industriais.

Acompanhamento do KPI:

2018 2019 2020
Quantidade de água captada nas operações industriais (m³/t) 29,8 29,4 28,6

O que faremos em 2021:

Temos como objetivo manter níveis estáveis de captação² de água, buscando um resultado que não ultrapasse a marca de 28,6 m³/t em nossas unidades industriais. Para isso, implementaremos ações visando a otimização do uso de água, que incluem a troca de equipamentos para gerar mais eficiência hídrica e o uso de águas recuperadas em máquinas.

 

¹ No momento da criação da meta, em 2019, ainda não tínhamos dados relativos ao ano inteiro. Sendo assim, foram utilizados dados de 2018 para a composição da meta, estabelecendo um ciclo de 12 anos para seu atingimento.
² Diversos fatores positivos, como o aumento do ritmo de produção, retomadas de operações eficientes após paradas e a priorização de sinergias entre unidades industriais, possibilitaram a antecipação de ações e, consequentemente, resultados acima do esperado em 2020. Este cenário, porém, foi fortemente influenciado por fatores exógenos e tende a se estabilizar ao longo de 2021, justificando os objetivos para o ano. Isso não significa que a performance de 2020 limitará nossos esforços para seguir evoluindo com relação à meta, nesse caso estamos somente fazendo uma previsão factível e transparente das nossas expectativas. A meta de captação de água faz parte de um Sustainability-Linked Loan (SLL) emitido pela Suzano em fevereiro de 2021. Para saber mais sobre essa operação financeira, acesse o nosso Relatório 2020. (com link de direcionamento no “Relatório 2020”).

3 Para mais informações sobre nossas ações de eficiência do uso da água, clique aqui.