A Suzano e a TCFD

A Suzano se compromete a reportar suas práticas e indicadores em linha com as Recomendações da TCFD, bem como seguir avançando continuamente nesta trajetória.

Indicadores relacionados
  • Filtrar por categoria

  • Filtrar por tag

  • 1. O que é a TCFD?

    Contexto:

    A TCFD foi criada pelo Financial Stability Board (FSB), junto a representantes de diferentes setores econômicos, públicos e privados, para tratar da disponibilidade e qualidade de informações financeiras relacionadas às mudanças climáticas. Esta força-tarefa foi criada a partir do entendimento de que estas mudanças podem afetar a estabilidade do sistema financeiro internacional, impactando diretamente as atividades econômicas. Para responder a isso, a TCFD publicou um conjunto de recomendações para reporte de riscos e oportunidades relacionados às mudanças climáticas.

    As Recomendações englobam 4 dimensões de reporte:

     

    • Governança: divulgar a governança da organização sobre os riscos e oportunidades climáticos;
    • Estratégia: divulgar os impactos reais e potenciais dos riscos e oportunidades climáticos sobre os negócios, a estratégia e planejamento financeiro da organização, quando a informação for material;
    • Gestão de Riscos: divulgar como a organização identifica, avalia e gerencia os riscos climáticos;
    • Métricas e Metas: divulgar as métricas e metas utilizadas para avaliar e gerenciar os riscos e oportunidades climáticos, nos casos em que a informação for material.

     

    Em fevereiro de 2020, a TCFD já contava com mais de 1.000 apoiadores, entre os quais estão empresas com um valor de mercado que ultrapassava US$ 10 trilhões.

    As 4 Recomendações da TCFD são detalhadas em Divulgações Recomendadas, conforme o quadro abaixo. Para cada uma das Divulgações Recomendadas, há também Orientações (Guidance) de modo a facilitar o reporte de informações.