Cadeia de Valor (fornecedores e clientes)

Entendimento das necessidades e potencialidades de nossos clientes, com o propósito de oferecer produtos e soluções sustentáveis, por meio de um relacionamento que privilegia vínculos de longo prazo. Gestão de fornecedores em conformidade com os critérios socioambientais da companhia, visando ao desenvolvimento de fornecedores locais e à redução de impactos adversos em toda a cadeia de valor.

Indicadores relacionados
  • Filtrar por categoria

  • Filtrar por tag

  • Porcentagem de fornecedores de madeira avaliados e/ou contratados em conformidade com os requisitos da empresa

    Mudar visualizacão:

    • wdt_ID Porcentagem de fornecedores de madeira avaliados e/ou contratados em conformidade com os requisitos da empresa, por unidade de manejo florestal 2019 2020
      1 Mato Grosso do Sul 100 100
      2 São Paulo 100 100
      3 Bahia e Minas Gerais 100 100
      4 Maranhão 100 100
      5 Espírito Santo 100 100
      6 Total 100 100

    Informações complementares:

    Todas as áreas de fornecimento de madeira da Suzano são monitoradas, com base em requisitos sociais e legais. Parte dessas áreas são certificadas nos padrões FSC® (Forest Stewarship Council®)¹ e/ou PEFC/Cerflor (Programa Brasileiro de Certificação Florestal) e passam por avaliações do órgão certificador, de acordo com as normas de Manejo Florestal.

    Para as áreas não certificadas, a Suzano institui e aplica o sistema de due diligence, com base na Norma para Madeira Controlada (FSC-STD-40-005) e a Avaliação Nacional de Risco para o Brasil (FSC-NRA-BR V1-0), garantindo:

    • o atendimento de toda legislação aplicável;
    • o respeito ao direito à propriedade, posse e uso da terra;
    • o não comprometimento das áreas de alto valor de conservação;
    • a não conversão de áreas nativas em plantações comerciais de madeira;
    • o respeito aos direitos humanos, os direitos dos povos indígenas e comunidades tradicionais.

     

    Ainda, a Suzano avalia itens de saúde e segurança, seguindo os Princípios Fundamentais da Organização Internacional do Trabalho (OIT). Esses princípios são observados na área contratada, a partir da formalização do contrato, abrangendo as operações de colheita e transporte da madeira, e considerando que a regularidade do plantio é pré-requisito do contrato.

    Anualmente são realizadas auditorias externas e internas, nas quais são verificados os critérios da norma FSC-STD-40-005. Nas auditorias, são verificados documentos de conformidade com a norma citada e documentos legais, além de realizadas visitas in loco para avaliação da prática da norma em campo.

     

    1. Códigos de Licença: Manejo Florestal BA – FSC-C155943; Manejo Florestal ES – FSC-C110130; Manejo Florestal MS – FSC-C100704; Manejo Florestal MA – FSC-C118283; Manejo Florestal SP – FSC-C009927; Cadeia de Custódia – Unidades no Brasil – FSC-C010014; Cadeia de Custódia – Europa, América, China e Suíça – FSC-C012430; Cadeia de Custódia – Centro de Distribuição no Brasil e Argentina – FSC-C003231.