Desenvolvimento Social

Garantia do desenvolvimento local e territorial de maneira conjunta e participativa, em parceria com comunidades, instituições de apoio e movimentos sociais, a partir de projetos de educação, geração de renda e valorização cultural; do fortalecimento da relação com as comunidades locais e tradicionais; e da integração dos interesses desses diferentes elos na condução e gestão da companhia.

Indicadores relacionados
  • Filtrar por categoria

  • Filtrar por tag

  • Gestão de impactos sociais

    Contexto:

    O modelo de gestão de impactos sociais da Suzano busca eliminar, diminuir ou compensar os impactos negativos por meio de práticas de manejo, de investimentos socioambientais e ações contínuas de controle e mitigação.

    O procedimento de identificação e avaliação dos aspectos e impactos sociais desenvolvido pela Suzano classifica e prioriza os aspectos e impactos significativos no meio antrópico, além de definir a necessidade de controles, direcionadores e/ou acompanhamento em função da significância deles.

    De acordo com esse procedimento, são mapeados e classificados em termos de relevância todos os impactos sociais relevantes associados aos diversos processos e atividades operacionais da Suzano. Para todo impacto adverso significativo identificado, são definidas medidas destinadas a evitar, minimizar, monitorar e reparar o dano, que são incorporadas nos Manuais, Procedimentos e Instruções de Trabalho que orientam a realização das atividades.

    Para identificar e analisar os aspectos e impactos sociais, também são consideradas as demandas de partes interessadas recebidas pelos canais de comunicação da empresa e/ou as informações provenientes de processos de Engajamento, Diálogos Operacionais e Diálogos Sociais.

    Anualmente, as Comissões de Valor Compartilhado Local de cada Unidade avaliam a necessidade de revisão da matriz de impactos sociais, considerando os resultados do monitoramento e avaliação crítica dos processos de relacionamento com partes interessadas. Somado a isso, são avaliadas as demandas das partes interessadas pertinentes oriundas do sistema de gestão de relacionamento da companhia (SISPART).

    Apesar de todas as medidas tomadas para prevenir e mitigar os impactos adversos, perdas e danos imprevisíveis podem ocorrer, com impacto direto nos recursos ou no sustento das comunidades. Neste caso, haverá mitigação e compensação das perdas e danos, em comum acordo e conforme as particularidades de cada caso, de forma justa e equilibrada.

    Além disso, para a resolução de conflitos, disputas e compensações que envolvam os direitos de uso, posse e domínio de terra, a empresa definiu diretrizes que têm por base a priorização da busca de solução amigável e justa junto às partes.