Desenvolvimento Social

Garantia do desenvolvimento local e territorial de maneira conjunta e participativa, em parceria com comunidades, instituições de apoio e movimentos sociais, a partir de projetos de educação, geração de renda e valorização cultural; do fortalecimento da relação com as comunidades locais e tradicionais; e da integração dos interesses desses diferentes elos na condução e gestão da companhia.

Indicadores relacionados
  • Filtrar por categoria

  • Filtrar por tag

  • Número de reclamações recebidas

    Mudar visualizacão:

    • wdt_ID Número de reclamações recebidas 2019 2020
      1 São Paulo 166 233
      2 Mato Grosso do Sul 40 32
      3 Espírito Santo 105 94
      4 Bahia 17 34
      5 Maranhão 59 72
      6 Total 387 465

    Informações complementares:

    A gestão de ocorrências é o processo de atendimento de demandas recebidas de público externo, tais como reclamações, dúvidas, elogios e críticas relacionadas às atividades operacionais de empresa. A gestão do recebimento, registro, tratamento e retorno de todas os episódios reportados por esse público é realizada por módulo específico do SISPART, sistema a partir do qual é realizada toda a gestão do relacionamento com comunidades. Os canais de comunicação utilizados para receber as ocorrências relacionadas aos aspectos e impactos ambientais, sociais e econômicos decorrentes das atividades e produtos da Suzano são: Suzano Responde; Fale Conosco (0800); Diálogo Operacional; Canal de Comunicação da Poupança Florestal; Rede Monitoramento Transporte – RMT; Rede de Percepção de Odor – RPO; Suzano em Campo; e Caderno de Ocorrências; além do diálogo presencial, envio de e-mails e realização de Pesquisa de Satisfação. Mensalmente, a área de Desenvolvimento Social da companhia avalia junto às partes demandantes a qualidade do atendimento e a efetividade das ações tomadas para o tratamento das ocorrências recebidas.

    Para saber mais sobre os tipos de reclamações recebidas, acesse o indicador “Principais reclamações registradas pelas comunidades”.