Desenvolvimento Social

Garantia do desenvolvimento local e territorial de maneira conjunta e participativa, em parceria com comunidades, instituições de apoio e movimentos sociais, a partir de projetos de educação, geração de renda e valorização cultural; do fortalecimento da relação com as comunidades locais e tradicionais; e da integração dos interesses desses diferentes elos na condução e gestão da companhia.

Indicadores relacionados
  • Filtrar por categoria

  • Filtrar por tag

  • Projetos com comunidades indígenas – Programa de Sustentabilidade Tupiniquim Guarani (PSTG)

    Contexto:

    O Programa de Sustentabilidade Tupiniquim Guarani (PSTG) tem como objetivo não só cultivar a convivência entre a empresa e os povos Tupiniquim e Guarani, situados no município de Aracruz (ES), como também facilitar, nas terras indígenas, um conjunto de ações integradas e de longo prazo. Espera-se com isso permitir, aos ocupantes dessas terras, o restabelecimento das condições ambientais necessárias para a realização de práticas socioculturais, visando a afirmação de sua identidade étnica e a realização de atividades econômicas sustentáveis.

     

    Objetivos específicos de cada atividade

    Meliponicultura: resgatar espécies de abelhas nativas sem ferrão ameaçadas ou extintas na região; contribuir para a segurança alimentar das famílias indígenas e promover geração alternativa de renda com a comercialização dos produtos das colmeias.

    Agroecologia: apoiar as famílias indígenas na busca de autonomia a partir da implementação de sistemas agroflorestais (SAFs) e, consequentemente, da recuperação da base de recursos.

    Artesanato: trabalhar com os coletivos, principalmente de mulheres, visando o fortalecimento cultural e a geração de renda, por meio da criação, produção e comercialização de artesanato.

    Comercialização: estimular a organização dos coletivos para a comercialização dos produtos oriundos do PSTG por meio da Cooperativa de Produtores Indígenas e Associações Indígenas do território.

     

    Destaques e conquistas ao longo de 2020

    • Fortalecimento da Cooperativa de Produtores Indígenas (COOPYGUA) como representante dos meliponicultores e inclusão das artesãs indígenas na cooperativa.
    • Destaque da venda de mel de abelhas nativas nas mídias (matérias, rádio, jornal, revista e jornal online nacionais e internacionais).
    • Estabelecimento de e-commerce dos produtos gerados pela COOPYGUA.

     

    Desafios

    • Atuar de acordo com as especificidades dos povos indígenas, valorizando a cultura e o modo de vida tradicional.
    • Apoiar a geração de renda de acordo com interesse e vocação de cada comunidade, por meio de práticas sustentáveis.
    • Construir parcerias nos territórios visando fortalecer ações estruturantes, alinhadas às Política Públicas federais e estaduais para os povos indígenas.

     

    Expectativas

    • Contribuir para o fortalecimento físico cultural, estimulando autonomia, por meio de parcerias estratégicas nos territórios.
    • Contribuir para o fortalecimento das potencialidades e capacidades locais (pessoas, grupos e instituições), visando sua autonomia e protagonismo.
    • Estruturar o Plano de Relacionamento com povos indígenas no Maranhão.

    Mudar visualizacão:

    • wdt_ID Programa de Sustentabilidade Tupiniquim Guarani (PSTG) 2019¹ 2020²
      1 Quantidade de aldeias contempladas 12 12
      2 Número de participantes³ 1.315 1.315
      3 Número de beneficiários⁴ 5.260 5.260
      4 Receita total gerada (R$) 988.834,35 806.009,46
      5 Receita mensal média por família (R$) 969,44 483,22
    1. Em 2019, a receita gerada e a renda média foram referentes apenas às 85 famílias cuja renda foi acompanhada via PSTG no período. 2. Em 2020, a receita gerada e a renda média foram referentes apenas às 139 famílias cuja renda foi acompanhada via PSTG no período. 3. Pessoas que participam diretamente do Programa 4. Pessoas que residem e são do mesmo núcleo familiar dos participantes, compartilhando e usufruindo dos benefícios do programa

    Informações complementares:

    Para saber mais sobre a gestão do relacionamento da Suzano com comunidades indígenas, clique aqui.