Desenvolvimento Social

Garantia do desenvolvimento local e territorial de maneira conjunta e participativa, em parceria com comunidades, instituições de apoio e movimentos sociais, a partir de projetos de educação, geração de renda e valorização cultural; do fortalecimento da relação com as comunidades locais e tradicionais; e da integração dos interesses desses diferentes elos na condução e gestão da companhia.

Indicadores relacionados
  • Filtrar por categoria

  • Filtrar por tag

  • Relacionamento com comunidades quilombolas

    Contexto:

    O relacionamento da Suzano com comunidades quilombolas acontece de maneira mais intensa nos Estados do Espírito Santo e da Bahia. Do total de 36 localidades remanescentes de quilombos cadastradas na nossa Matriz de Priorização de Comunidades, 31 estão concentradas no norte do Espírito Santo.

    O Programa de Desenvolvimento Rural e Territorial (PDRT) é realizado em 21 dos 36 locais, configurando-se como o principal programa de relacionamento da empresa com essas comunidades tradicionais. Ainda temos, em algumas dessas comunidades, apicultores beneficiados pelo Programa Colmeias e, no Espírito Santo, as comunidades de São Domingos e Roda d’Água receberam apoio técnico e financeiro para a constituição de suas cooperativas de prestação de serviços. Na cooperativa de São Domingos, desde 2014, temos uma equipe de 21 pessoas prestando serviços para a Suzano nas operações de plantio comercial e na restauração florestal.

    Na comunidade de Linharinho, também no Espírito Santo, é desenvolvido um de nossos programas educativos com foco no esporte, a Escolinha de Futebol de Linharinho, beneficiando 60 crianças e adolescentes.

     

    Destaques e conquistas ao longo de 2020:

    • Aprovação de 7 projetos (representando um investimento total de R$ 1,6 milhão) apresentados por associações quilombolas com apoio da Suzano no Edital Fundo Social de Apoio à Agricultura Familiar (Funsaf) 2020 do governo do Estado do Espírito Santo. Os projetos tiveram foco na aquisição de veículos, máquinas e equipamentos para atividades agrícolas das comunidades.
    • 14 projetos de entidades quilombolas no edital emergencial do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) 2020, para aquisição de alimentos dos agricultores. A Suzano apoiou na mobilização, elaboração dos projetos, treinamento das famílias e preparação da documentação necessária.
    • Realização de parceria emergencial com a Coordenação Nacional de Quilombos (CONAQ) para execução de ações de comunicação e orientação das famílias quilombolas em todo Brasil sobre o cenário de pandemia – Foram elaboradas cartilhas, podcasts, entre outros instrumentos, visando garantir informação de qualidade durante o período.
    • Finalização de 2 sedes comunitárias e 2 farinheiras em comunidades quilombolas no norte do Espírito Santo.

     

    Expectativas

    • Construção de parcerias nos territórios visando fortalecer ações estruturantes, alinhadas às Política Públicas federais e estaduais para comunidades tradicionais.
    • Participação em espaços de diálogo estruturados visando atualização sobre os principais temas críticos e demandas das comunidades quilombolas.