Excelência Operacional e Ecoeficiência

Ampliação da nossa produtividade e garantia de níveis excelentes de eficiência em nossas operações, com reaproveitamento contínuo de recursos e resíduos e aumento da geração e exportação de energia de fonte renovável, além da qualidade dos nossos processos.

Indicadores relacionados
  • Filtrar por categoria

  • Filtrar por tag

  • Consumo de combustíveis de fontes não renováveis, em megawatt-hora

    Mudar visualizacão:

    • wdt_ID Consumo de combustíveis de fontes não renováveis, em MWh 2019 2020
      1 GLP 103.311,51 124.000,72
      2 Gás natural 5.817.578,06 5.627.380,46
      3 Gasolina 22.184,71 16.477,20
      4 Graxas 16,54 981,91
      5 Lubrificantes 83.612,84 82.724,65
      6 Metanol fóssil 57.228,17 0,00
      7 Óleo combustível pesado 718.606,44 781.019,04
      8 Óleo diesel – marítimo 87.172,29 79.335,18
      10 Óleo diesel – rodoviário 901.790,69 1.072.769,63
      11 Total 7.791.501,25 7.709.386,58

    Informações complementares:

    Os dados de consumo de combustíveis – levantados pela Suzano de forma majoritariamente automatizada – foram convertidos em consumo energético a partir da densidade básica e do poder calorífico inferiores de cada combustível. Nesse sentido, quando disponíveis, foram utilizados os dados contidos na própria ficha de especificações técnicas do combustível utilizado. Quando não disponíveis, foram utilizados os valores apresentados pelo Balanço Energético Nacional (MME, 2019).

    Em 2020, houve aumento no consumo de energéticos decorrente do aumento de produção em nossas plantas industriais. Ainda assim, apesar do aumento de produção, houve redução no consumo de combustíveis fósseis (principalmente gás natural) nos equipamentos estacionários das unidades industriais, pois a maior produção nas plantas industriais ocasiona priorização do consumo de fontes renováveis (lixívia e metanol renovável disponível para combustão). Em nossas operações logísticas, houve também menor consumo de gasolina devido a sua substituição por etanol e etanol misturado na gasolina.

    Para saber mais sobre a gestão de energia, acesse “Gestão sobre energia “Práticas e programas para uso de energias renováveis, baseados em ecoeficiência e produção mais limpa”.