Excelência Operacional e Ecoeficiência

Ampliação da nossa produtividade e garantia de níveis excelentes de eficiência em nossas operações, com reaproveitamento contínuo de recursos e resíduos e aumento da geração e exportação de energia de fonte renovável, além da qualidade dos nossos processos.

Indicadores relacionados
  • Filtrar por categoria

  • Filtrar por tag

  • Geração de resíduos perigosos nas operações industriais

    Mudar visualizacão:

    • wdt_ID Geração de resíduos perigosos (t)¹ 2019 2020
      1 Suzano 157,08 91,10
      2 Rio Verde 39,68 38,37
      3 Limeira 218,21 184,02
      4 Jacareí 159,28 149,50
      5 Imperatriz 183,95 132,37
      6 Mucuri 229,54 107,43
      8 Aracruz 194,81 179,46
      9 Belém 36,07 60,39
      10 Maracanaú (Fortaleza) 8,55 4,73
      12 Três Lagoas 259,62 129,52
    1. Os resíduos perigosos gerados nas unidades industriais são: lâmpadas florescentes, pilhas e baterias, resíduos ambulatoriais, produtos químicos e peças e estopas contaminados com óleos e graxas.

    Informações complementares:

    Em 2020, nas operações industriais, a Suzano teve uma redução de 28% na geração de resíduos perigosos em relação a 2019. No período, passou de uma geração específica de resíduo perigoso de 0,13 kg/t em 2019 para 0,09 kg/t, atendendo à meta interna de ter resultado igual ou abaixo de 0,12 kg/t.

    Em 2020, destaca-se o projeto Tribologia Sustentável, desenvolvido na Unidade Imperatriz, que levou à redução de 28% de geração de resíduos perigosos em relação a 2019, em função do sistema de reaproveitamento de óleos lubrificantes usados e/ou contaminados, retornando o mesmo para os equipamentos com a qualidade especificada.