Excelência Operacional e Ecoeficiência

Ampliação da nossa produtividade e garantia de níveis excelentes de eficiência em nossas operações, com reaproveitamento contínuo de recursos e resíduos e aumento da geração e exportação de energia de fonte renovável, além da qualidade dos nossos processos.

Indicadores relacionados
  • Filtrar por categoria

  • Filtrar por tag

  • Gestão sobre resíduos sólidos nas operações florestais

    Contexto:

    A gestão florestal de resíduos na Suzano segue o que está previsto nas leis federais, estaduais e municipais sobre o tema, além dos padrões estabelecidos pelas certificações FSC® (Forest Stewardship Council®)¹ e PEFC/Cerflor (Programa Brasileiro de Certificação Florestal) e dos manuais e procedimentos operacionais internos.

    De acordo com a Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei Federal 12.305/2010), a elaboração e a execução do Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos (PGRS) são exigidas aos grandes geradores de resíduos sólidos, como é o caso das nossas operações florestais. Nesse documento, é definido como deve se dar o gerenciamento dos resíduos sólidos pelos geradores, considerando as etapas de segregação, armazenamento, coleta, transporte, tratamento, destinação ou disposição final.

    Todas unidades operacionais da Suzano possuem um plano de gerenciamento estruturado, garantindo diretrizes adequadas para a gestão e controle da segregação, armazenamento e destinação de cada tipo de resíduo gerado na operação. É realizada a logística reversa de pilhas e baterias de máquinas, embalagens de defensivos agrícolas e lâmpadas, conforme exigido pela Política Nacional de Resíduos Sólidos.

    A Suzano possui um sistema de controle de licenças relacionadas ao tema, para atendimento de condicionantes nos prazos acordados com os órgãos ambientais competentes.

    Além disso, a companhia estabelece parcerias com cooperativas locais para a geração de renda e destinação de resíduos recicláveis, como é o caso das unidades do Maranhão, do Mato Grosso do Sul e São Paulo. Com o estabelecimento e ampliação dessas iniciativas, a empresa busca manter os resíduos gerado nessas operações em seu mais alto nível de utilidade, dando, assim, maior circularidade à economia.

    Em 2020, a Suzano criou um Grupo Técnico de Trabalho de Resíduos do Meio Ambiente Florestal, com o objetivo de padronizar a gestão corporativa do tema na área florestal, a partir da avaliação da aderência de requisitos legais, estruturação e padronização de processos e busca de melhoria contínua baseada em benchmarkings.

    1. Códigos de Licença: Manejo Florestal BA - FSC-C155943; Manejo Florestal ES - FSC-C110130; Manejo Florestal MS - FSC-C100704; Manejo Florestal MA - FSC-C118283; Manejo Florestal SP - FSC-C009927.