Excelência Operacional e Ecoeficiência

Ampliação da nossa produtividade e garantia de níveis excelentes de eficiência em nossas operações, com reaproveitamento contínuo de recursos e resíduos e aumento da geração e exportação de energia de fonte renovável, além da qualidade dos nossos processos.

Indicadores relacionados
  • Filtrar por categoria

  • Filtrar por tag

  • Resíduos não perigosos destinados para disposição por operação de disposição nas operações industriais

    Mudar visualizacão:

    • wdt_ID Resíduos não perigosos destinados para disposição por operação de disposição nas operações industriais, em toneladas métricas (t) 2019 - Incineração (com recuperação de energia) 2019 - Incineração (sem recuperação de energia) 2019 - Confinamento em aterro 2019 - Outras operações de disposição 2019 - Total 2020 - Incineração (com recuperação de energia) 2020 - Incineração (sem recuperação de energia) 2020 - Confinamento em aterro 2020 - Outras operações de disposição 2020 - Total
      1 Suzano 6.178,08 0,00 41.086,50 0,00 47.264,58 5.556,35 0,00 59.743,30 0,00 65.299,65
      2 Rio Verde 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
      3 Limeira 0,00 0,00 1.524,80 0,00 1.524,80 0,00 0,00 876,30 0,00 876,30
      4 Jacareí 2.677,87 0,00 27.131,13 0,00 29.809,00 4.023,99 0,00 1.225,68 0,00 5.249,67
      5 Imperatriz 49.052,90 0,00 86.770,96 0,00 135.823,86 56.099,30 0,00 81.945,33 0,00 138.044,63
      7 Mucuri 0,00 0,00 121.115,66 129.213,81 250.329,47 0,00 0,00 116.617,82 135.423,12 252.040,94
      8 Aracruz 0,00 0,00 58.491,19 0,00 58.491,19 0,00 0,00 63.498,03 0,00 63.498,03
      9 Belém 0,00 0,00 4.783,58 0,00 4.783,58 0,00 0,00 851,74 0,00 851,74
      10 Maracanaú (Fortaleza) 0,00 0,00 33,88 0,00 33,88 0,00 0,00 35,35 0,00 35,35
      12 Três Lagoas 147.171,00 0,00 39.898,00 0,00 187.069,00 206.722,00 0,00 31.453,02 0,00 238.175,02

    Informações complementares:

    A disposição dos resíduos não perigosos nas unidades Limeira, Imperatriz, Belém e Maracanaú (Fortaleza) se dão fora da operação, enquanto em Mucuri, Aracruz e Três Lagoas são dentro das organizações. Em Suzano e Jacareí a disposição se dá dentro e fora das operações.

    A matriz energética da Suzano é predominantemente renovável e de baixo carbono. O principal combustível utilizado nas unidades industriais é a lignina, substância esta que é extraída da madeira. Este coproduto de valor energético supre as caldeiras de recuperação e o vapor produzido é utilizado nos turbos geradores para a produção de energia elétrica. Além de ser autossuficiente em termos de produção de energia, a Suzano faz a exportação de energia de base renovável para todo o GRID nacional. Outros subprodutos do processo, como cascas de eucalipto e lodos da Estação de Tratamento de Efluentes (ETE) são coprocessados nestes sistemas geradores de energia.

    A gestão da Suzano no tema, que foi revisada a partir do lançamento da Meta de Longo Prazo em 2019, levou a investimentos de R$ 72 milhões e instalação das Centrais de Tratamento de Resíduos das Unidades Três Lagoas (em operação) e Imperatriz (início das operações prevista para o 1o trimestre de 2021.

    Em 2020, destaca-se a Unidade Limeira, que manteve o patamar mínimo de envio resíduos sólidos industriais para aterro. Ao longo de 2020, a Unidade Jacareí também chegou nesse resultado, refletindo no número consolidado anual de 1,1 kg/t.

    Algumas das iniciativas que contribuíram para esse resultado estão descritas no indicador “Gestão sobre resíduos sólidos nas operações industriais”.