Excelência Operacional e Ecoeficiência

Ampliação da nossa produtividade e garantia de níveis excelentes de eficiência em nossas operações, com reaproveitamento contínuo de recursos e resíduos e aumento da geração e exportação de energia de fonte renovável, além da qualidade dos nossos processos.

Indicadores relacionados
  • Filtrar por categoria

  • Filtrar por tag

  • Resíduos não perigosos recuperados por operação de recuperação nas operações industriais

    Mudar visualizacão:

    • wdt_ID Resíduos não perigosos não destinados para disposição por operação de recuperação, em toneladas métricas (t) 2019 - Preparação para reutilização 2019 - Reciclagem 2019 - Outras operações de recuperação 2019 - Total 2020 - Preparação para reutilização 2020 - Reciclagem 2020 - Outras operações de recuperação 2020 - Total
      1 Suzano 6.275,40 52.962,24 3.829,12 63.066,76 9.860,94 35.286,34 3.254,80 48.402,08
      2 Rio Verde 0,00 4.498,04 0,00 4.498,04 0,00 3.554,40 0,00 3.554,40
      3 Limeira 39.812,62 10.866,58 125.486,91 176.166,11 38.674,50 33.981,78 131.501,49 204.157,77
      4 Jacareí 0,00 79.848,87 0,00 79.848,87 0,00 80.217,22 22.034,00 102.251,22
      5 Imperatriz 0,00 0,00 39.156,49 39.156,49 0,00 0,00 27.311,63 27.311,63
      7 Mucuri 40.018,70 4.738,81 64.553,83 109.311,34 35.818,56 4.801,72 39.472,72 80.093,00
      8 Aracruz 40.207,35 24.798,91 0,00 65.006,26 32.005,24 30.061,67 0,00 62.066,90
      9 Belém 0,00 28,00 411,28 439,28 0,00 446,73 344,92 791,65
      10 Maracanaú (Fortaleza) 0,00 3,80 0,00 3,80 0,00 116,24 0,00 116,24
      12 Três Lagoas 0,00 17.646,70 67.848,30 85.495,00 0,00 25.856,53 99.413,58 125.270,11

    Informações complementares:

    Em 2020, houve aumento de 7% na geração de resíduos sólidos industriais não perigosos, em relação ao resultado de 2019. Isso reflete o aumento de produção de 9,9% no mesmo período, concentrado principalmente nas Unidades Imperatriz, Mucuri e Aracruz.

    Em termos específicos (kg de resíduos sólidos industriais não perigosos por tonelada de produto), a Suzano teve, no mesmo período, redução de 1,7% da geração específica, de 133,5 kg/t, em 2019, para 131,3 kg/t, em 2020. Os valores anos estão na faixa de referência dos padrões internacionais estabelecidos pelo IPPC (Integrated Pollution, Prevention and Control 2015 – European Commission), que aponta como melhores desempenhos resultados abaixo de 140,0 kg/t.

    Em 2020, a Unidade Belém reduziu o uso de aparas pós-consumo, que agregam uma quantidade grande de impurezas ao processo, sendo purgadas pelo sistema de depuração com a geração de resíduos. A unidade passou a utilizar aparas pré-consumo e celulose virgem produzidas na Unidade Imperatriz.

    Já na Unidade Três Lagoas, houve aumento de 41%, em 2020, devido à destinação de excedente de cascas. Trata-se de um evento temporário, pois a unidade implantou e iniciou a operação de uma Central de Tratamento de Resíduos com capacidade para compostar estas cascas, transformando-as em produto de valor agronômico (organomineral).

    Algumas das iniciativas que contribuíram para esse resultado estão descritas no indicador “Gestão sobre resíduos sólidos nas operações industriais”.